0

Cuidados com os pelos dos gatos!

Boa Noite Leitores,

Hoje vou falar apenas de gatos, em especial dos pelos do seu felino, você sabe como cuidar? Sabe que existem vários fatores pra deixar os pelos bonitos? Não!! Vejo a seguir algumas dicas e curiosidades referente a este assunto e aproveite para cuidar melhor dos gatinhos!!

Alimentação: A nutrição do gato implica diretamente nos pelos, a ração precisa ser de acordo com as características dele devendo conter proteínas, vitaminas, minerais, fibras, carboidratos e entre outros nutrientes, se é você quem faz a alimentação natural do seu pet, fique atento ao balanceamento necessário para ele. Devemos observar suas características tais como seu tamanho, idade, se ele é castrado ou não e todas as informações necessárias para adequar a alimentação correta para seu Cat.

2cd47fa7-1eff-4755-bf72-08df44e8e420

Grey, Scarlett, Branca e Banguela!

Escovação: Para que os gatos tenham pelos sedosos e saudáveis é interessante que o dono realize a escovação com frequência, para que não fique com nós e tire os pelos soltos, isso evita algumas doenças nas orelhas, olhos, doenças de pele, dentre outras. Alguns donos acreditam que seu gato consegue cuidar dele mesmo, realmente gatos são bastante auto suficiente, mas alguns gatos de pelos longos não consegue dar conta do recado, então nada como a ajudinha do seu doninho.

cuidados-bc3a1sicos-com-seu-animal-de-estimac3a7c3a3o-7

Banho: Nada como um bom banho pra nos sentir renovados não é, com os gatos o conceito “banho” é um pouquinho diferente, a maioria deles não gostam dessa ação, mas eu acredito que tudo que se é treinado e acostumado pode vir a virar habito, aos poucos apresente a água para eles como forma de banho e não apenas como hidratação, mostre que é algo bom e não estressante, assim você conseguirá fazer com que eles se acostumem a tomar banho e seus pelos iram ficar limpos e sedosos. Procure produtos específicos para gatos e observe o pelo dele para encontrar o ideal.

Continuar lendo

Anúncios
0

Adote um Pet preto!

Boa Tarde leitores!

As vezes eu fico pensando, lutamos tanto pela desigualdade, lutamos contra o preconceito racial e por tudo que julgamos ser “errado”, nós amigos e protetores dos animais lutamos contra o abandono, contra maus-tratos, por adoções responsáveis e com isso temos que lutar também com o preconceito. Isso mesmo, gatos e cães as vezes não encontram uma família por serem pretos, uma bobagem, pois se a cor do ser humano não muda em nada o do animal também não faz diferença alguma.

Tudo gira em torno das crenças populares e histórias, vocês sabem o motivo pelo qual eles são deixados de lado em uma adoção? Quanto aos cães as crenças indicam que eles representam a morte e os gatos trazem azar! Sério mesmo? Existe alguma diferença em um animal de pelo branco e outro de pelo preto? Dizem que são maus e raivosos, mas sinceramente eu julgo os Pets de pelagem preta mais carinhosos e amorosos do que qualquer outro de pelos brancos, ah claro os coloridos também sofrem preconceitos, pois aos olhos de algumas pessoas eles são feios!

Existem estatísticas onde comprovam que animais de pelo preto tem a maior taxa de mortalidade em relação aos outros animais, seja por eutanásia, maus tratos ou rituais religiosos. Nós que amamos animais precisamos mudar isto.

Eu acredito que todas as pessoas deveriam sentir o amor de um animal, apoio 100% a adoção, mas apoio quando o adotante consiga ver realmente o animal, e não apenas a cor do pelo, a existência de uma raça ou o tamanho. Claro que a pessoa irá escolher o que mais se identificar com ela, porem antes de apontar o dedo pra um preto ou colorido e dizer esse não, de uma chance a eles eu garanto que de mau ou azarento eles não tem nada!!

Continuar lendo

0

Como dar remédio para seu Pet?

Boa tarde amigos do Amor por Pet!

Algumas pessoas entram em pânico quando ouvem dos veterinários que seu Pet terá que tomar algum tipo de medicamento, pois irá ser uma tarefa do dono e nem todo animal facilita essa ação, então hoje vou passar algumas dicas para vocês e sugestões para que isso não torne uma ação traumática para essas pessoas e seus Pets.

Dica: Nem todo comprimido pode ser amassado ou cortado, mas a maioria você consegue partir, antes de tomar essa atitude por conta própria, consulte se o medicamento pode mesmo ser cortado e se não irá perder o efeito e as composições necessárias para aquela dose. 

remedio-1024

Medicamento em comprimido

Na comida: Na minha opinião a forma mais fácil de dar remédio ao seu animal, é misturar na comida, separe dois pedaços da comida que você escolheu, dê o primeiro sem nada, isso irá estimular ele a querer mais, ai então dê o outro já com o remédio dentro, escolha comidas saudáveis, como carne magra sem tempero para que seu animal não tenha  futuros problemas. Para os gatos uma boa ideia é colocar nas comidas úmidas como os sachês e de preferencia amassado, mas tome cuidado se ele perceber que existe algo diferente na comida será uma missão impossível dar o remédio par o gato e até mesmo o cão.

Direto na boca: Esse método é o mais eficaz, pois você terá certeza que ele irá engolir o remédio. Para começar coloque seu animal de costas para você entre suas pernas, depois levante o focinho dele com uma mão fazendo com que ele abra a boca, coloque o remédio com a outra mão e feche a boca dele, massageando levemente a região da garganta, isso fará com que ele engula mais rápido.

Dica: Toda vez que você der algum remédio ao seu Pet, ofereça água ou algum petisco que ele goste, para que ajude o medicamente a descer pela garganta e não incomode muito o animal.

Medicamento líquido

Na comida: Misturar o líquido na comida é uma opção sim, mas não a melhor, pois ao colocar na comida ou na água o animal pode perceber facilmente deixando de comer ou beber tudo, fazendo com que ele não consuma a dose completa e perdendo o efeito total do remédio.

Continuar lendo

0

5 Doenças de cães idosos!

Olá amigos do Amor por Pet,

O tempo passa e a idade chega para todos, inclusive para os animais, as vezes nos perdemos no tempo e esquecemos que eles ficam mais velhos que nós em poucos anos, dizem que os cães vivem menos por nascer sabendo amar, são frases, são desculpas, mas a realidade é que eles vivem menos e nós presenciamos todo o o ciclo do nosso Pet.

01b68712f795249682c67c37ca23fb4e

Podemos identificar a velhice de um cão através de alguns sinais como pelos brancos, dificuldade ao enxergar e ouvir, dificuldade em andar, rejeição a brincadeiras que ele era acostumado, o cão deixa de ser tão ativo e claro a contagem dos anos, pois sabemos que em média um cão de porte pequeno atinge a velhice aos 11 anos de idade e o cão de porte grande a partir dos 7 anos.

Com a idade, chega também as doenças e probleminhas que os cães possam vir a ter, algumas doenças podemos prevenir realizando exames de check-up anualmente, procure uma clínica veterinária onde poderá realizar exames clínicos e avaliar a saúde do seu cãozinho.

Algumas doenças podem ser citadas como as mais comuns em cães idosos:

Doença Periodontal: A doença mais comum entre os cães adultos e idosos é a periodontal, causada por placas bacterianas ela tem caráter progressivo, se não existir o tratamento ela não regride, o cão pode vir a perder os dentes, ter infecções graves, mudança óssea na mandíbula e no maxilar, dificuldade de se alimentar, com isso pode vir a ter perda de peso, fraqueza e desencadear outras doenças. A melhor forma de evitar é a escovação dos dentes ao longo de sua vida e a realização de limpeza com um profissional veterinário. Quando a doença já está instalada no animal a única forma de tratamento é a cirúrgica onde existe a necessidade de raspagem nos dentes e nas raízes expostas ou dependendo do grau da doença a extração dos dentes.

63

Obesidade Canina: Nem sempre um cão gordinho e fofinho é sinal de saúde, hoje já podemos considerar falta de saúde, o acumulo excessivo de gorduras no corpo pode prejudicar seu animal, com o passar da idade ele acaba deixando de se exercitar com brincadeiras, passeios e comendo um pouco mais, isso já irá acumular gordura, a prevenção deve partir de nós, os donos, sempre fazendo com que eles gastem energia, diagnosticado com obesidade por um profissional veterinário devemos usar um pouco a criatividade para faze lós se exercitar, pois com a velhice eles já não sentem vontade de ficar por ai correndo e pulando, claro que também é preciso manter uma dieta equilibrada.

Continuar lendo

0

Vida de um coelho Pet!

Olá amigos do Amor por Pet, devido ao nosso instagram @amorporpet_ , conheci uma mamãe de Pet um pouco diferente pra mim, até então não tinha conhecido ninguém que tivesse um bebê coelho, agora já conheço varias pessoas, claro que sempre amei esses peludos, são lindos e fofos, mas nunca tive acesso a alguém que tivesse um e soubesse da rotina, com uma ajuda da nossa querida seguidora Ana Regina Espósito eterna mamãe do Anjo Espósito que viveu durante 10 anos e infelizmente hoje já esta no céu dos bichinhos, vou contar para vocês um pouco do que aprendi sobre esses lindos peludos!!  Aaaah não pense que o Anjo teve uma vida curta, pois 10 anos são equivalentes a 100 anos na vida dos coelho. Então vamos aos cuidados e curiosidades sobre os coelhos Pets.

306269_280804972000856_1169128692_n (1)

Anjo e sua mamãe Ana

Em primeiríssimo lugar precisa dar muito amor, colo e carinho, mas imagino que isso seja pra qualquer Pet, coelho, gato, cão, peixe, réptil enfim, todos os seres vivos precisam de afeto e cuidado.

Você precisa prepara sua casa para a chegada dele, com alguns itens de necessidade como uma gaiola grande que possibilita ele circular e ficar em pé ou mais conhecido como sentar nas patas traseiras, lembrando sempre que, se você pegar ele bebê, irá crescer e se tornar no tamanho de adulto, coloque tapete higiênico ou serragem para as fezes e urina, não coloque essa gaiola em locais que tenha corrente de ar ou respingos de água, precisa também de comedouro e bebedouro sempre limpos, disponibilizar um local de sua casa ou apartamento que seja limpo e sem muitos obstáculos para ele poder se exercitar, evite deixar pequenos objetos pelo chão que ele terá acesso para que não corra o risco de comer e se intoxicar, tenha sempre alguém por perto para supervisioná-lo.

393901_218248604923160_855695405_n

Anjo Espósito da raça Coelho Anão

 
Sobre a alimentação tenha em mente que se você não sabe se faz bem ou mal então não dê, existem rações desenvolvidas para eles em casas especializadas ou shopping pet, ou seja ração de coelho e não de outros animais. Existe a necessidade de variar a dieta dos coelhos podendo acrescentar alguns elementos chaves e nutritivos como por exemplo cenouras, couves, rúculas, agriões, nabos, rabanetes, frutas, desde que não sejam cítricas, tudo em quantidade adequada ao tamanho e idade do seu peludo, em hipótese alguma dê a ele leguminosas secas como grãos ou até alface, pois não possuem muitos nutrientes e são diuréticos. Hidratação também é importante, água sempre fresca e limpa.

Sobre o manuseio, onde muitas pessoas tem duvidas de como pegar seu bichinho, não deixa de ser diferente de cão e gato que devemos pegar pelo dorso, jamais pegue pelas orelhas, coloque as patinhas na palma da mão para que ele não fique agitado ou comece a “esperniar” e acabe se machucando.

Continuar lendo

0

Tartaruga aquática e sua alimentação!

Bom dia leitores!

Hoje vou continuar falando das nossas queridas amigas tartarugas aquáticas, em especial sobre sua alimentação.

tartaruga_aquatica_37895e52767667bdccc31ba212e1c69a_tartaruga

A dieta mais indicada pra as tartarugas aquáticas são aquelas que podemos encontrar prontas em Pet Shops ou locais especializados que custam aproximadamente R$7 com 30g ou R$40 de 270g, são indicadas pois possuem um valor nutritivo correto e proporcionam tudo para que elas cresçam saudáveis e fortes, porem pode ocorrer de sua amiguinha não querer comer ou não estar habituada a essa alimentação, então precisamos obter alternativas para que elas não passem fome e fiquem desnutridas, não podemos esquecer que em seu estado natural elas são herbívoras ou onívoras, dependendo da especie.

Vou fornecer a vocês três opções de alimentação alternativa, vamos lá:

Primeira Opção:

vegetais-crucc3adferos2Essa é a opção mais simples e fácil, os vegetais, uma comida bastante querida entre essa espécie, vegetais como alface, couve, pepino, cenoura ralada, repolho, folhas de hibisco, espinafre, agrião, acelga, alfafa entre outros, porem não substitua qualquer alimentação pela comercial, tente balancear as duas para que a sua tartaruga não fique com desequilíbrio em sua alimentação.

Continuar lendo

0

Tartaruga aquática!

Olá leitores do Amor por Pet!

Antes de começar o assunto de hoje, gostaria de informar a todos os leitores que agora o Amor por Pet possui instagram. Isso mesmo, siga @amorporpet_ e descubra curiosidades, fotos de Pets dos nossos seguidores e muita fofura,

Informações fornecidas, agora vamos aprender algumas dicas e cuidados básicos sobre os aquários das tartarugas aquáticas, as que podemos ter em casa, pois não vamos sair  por ai caçando tartarugas que vivem no mar não é mesmo, cada um em seu lugar de origem. Procure um local em sua região que seja autorizado pelo IBAMA, a vender tartarugas e um veterinário de repteis para que suas maiores duvidas sejam sanadas, pois aqui no blog nós fornecemos dou dicas e sugestões, mas nada como um profissional para orientar da melhor forma.

i-will-eat-you-all

No geral você irá precisar de um aquário grande, pois evitará mudanças conforme o tempo, pense no tamanho da tartaruga adulta para realizar a compra, evitando assim um estresse para elas. É necessário e indispensável uma parte terrestre, então opte por um aquáterrário, que é facilmente encontrado em lojas especializadas ou em PetShops, pode ser feito na parte terrestre uma caverninha para ela se abrigar quando sentir vontade. Este aquário precisa ser colocado em um local iluminado pelo sol, mas não diretamente claro, ou se essa possibilidade não existir você precisa colocar uma lâmpada UV apropriada para repteis, pois as tartarugas necessitam da vitamina D3 para desenvolver e sobreviver. Devido a sensibilidade auditiva o local também deve ser longe de TV ou que receba muito ruido, pois isso irá estressar nossa querida amiga tartaruga.

aquaterrario-tartaruga-com-rampa-brinde-rao-tetrafauna-20150330011458

Exemplo de aquáterrário

Referente a decoração do aquário evite colocar pedras, cascalhos e areias, pois as tartarugas são seres extremamente curiosos e podem acabar ingerindo algo que não irá fazer bem a elas, opte por decorar com plantas como Elódia, Valisnéria, Alface de Água entre outras, para que as tartarugas possam comer, pois essas plantas contem ótimas vitaminas.

A água precisa ter uma temperatura regulada entre 26º e 28º durante o dia e aproximadamente 32º durante a noite, para regular coloque um termostato, mas não deixe a temperatura da parte externa muito abaixo dos 25º, pois pode vir a ser um choque térmico muito grande,  isso você controla com a lâmpada UV e consegue acompanhar tudo com um termômetro.

Dica importante: O aquário não pode ser completamente tampado, pois a umidade pode provocar doenças.

Para a limpeza do aquário é indicado realizar uma vez por semana, como elas fazem bastante bagunça utilize filtros de boa qualidade para que a água esteja sempre limpa. Utilize água morna, sabão e desinfetante para os vidros, mas não esqueça de enxaguar perfeitamente para que não fique nenhum resíduo de produto químico, enquanto faz a limpeza mantenha ela em um local agradável. Procure um profissional de repteis para orientar você sobre a especie da sua tartaruga isso irá lhe trazer maiores conhecimentos para a limpeza e manuseio dela.

tartaruga_batagurbaska

Fiquem ligados nos próximos posts vamos contar um pouquinho sobre alimentação das tartarugas aquáticas, dando continuidade aos cuidados e curiosidades deste incrível mundo.

Obrigada por mais uma leitura e uma ótima semana a todos os amigos do Amor por Pet.